GO IEPE - Instalação Eficiente de Povoamentos de Eucalipto

 

PDR 2020 - Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020

 Janeiro de 2017 a Dezembro de 2021

Objectivos:

Desenvolvimento de uma ferramenta de suporte à tomada de decisão para a instalação dos povoamentos de eucalipto, baseada em técnicas silvícolas sustentáveis ao nível do recurso solo e adequadas aos diferentes ambientes florestais. Pretende-se uma instrumentação de fácil utilização (user friendly), baseada em variáveis ambientais facilmente mensuráveis pelo proprietário florestal comum e que permita, não só identificar as práticas adequadas à instalação dos povoamentos, mas também possibilite uma análise económica de custos, tendo por base uma estimativa das expetativas de produção florestal para o ambiente em causa.

Os objetivos específicos da iniciativa são:

  1. Desenvolver e implementar uma ferramenta de apoio à tomada de decisão para a eficiente instalação dos povoamentos de eucalipto.

  2. Potenciar a aprendizagem coletiva sobre as práticas de mobilização do solo, promovendo o cultivo mínimo, e a sustentabilidade das práticas testadas no cultivo do eucalipto.

  3. Identificar constrangimentos e barreiras no acesso ao conhecimento e informação necessária para a introdução de inovações no domínio da sustentabilidade dos processos de instalação e gestão dos povoamentos de eucalipto, desenvolvendo soluções para as ultrapassar.

  4. Promover a disseminação e demonstração dos resultados junto dos utilizadores do conhecimento, nomeadamente associações de produtores florestais, gestores e proprietários privados e públicos.

  5. Promover a cooperação técnica entre as entidades que atuam nos domínios das plantações florestais e na mobilização de solos e fomentar o reforço da capacidade para a rápida recolha de informações sobre o solo e monitorização ao nível regional, dando o seu contributo para uma visão global.

Os objetivos desta Iniciativa visam contribuir na sua generalidade para a melhoria dos povoamentos de eucalipto em Portugal e, consequentemente, na sustentabilidade da capacidade produtiva dos solos florestais e dos ecossistemas florestais.

 

Resultados previstos:

Com esta ferramenta pretende-se:

  • Demonstrar aos proprietários do minifúndio quais as técnicas corretas na instalação dos povoamentos de eucalipto;

  • Incutir ao setor florestal privado técnicas de preparação do terreno menos intensivas, de menor custo e ambientalmente mais adequadas, reduzindo o número de áreas com problemas decorrentes desta atividade;

  • Ajudar a reduzir os custos da instalação dos povoamentos de eucalipto;

  • Contribuir para a melhoria da produtividade florestal do eucalipto no país, pela dinamização do setor e adoção de técnicas adequadas na instalação dos povoamentos de eucalipto;

  • Demonstrar aos prestadores de serviços que é necessário adaptar e mudar o equipamento de forma a aumentar o potencial produtivo da região com o mínimo de impacto ambiental;

  • Contribuir para o aumento da consciência na sociedade civil e decisores sobre a importância do solo para a vida humana.

Instituição promotora:

  • ORGANIZAÇÃO FLORESTAL ATLANTIS – ASS. DESENVOLVIMENTO FLORESTAL

 

Parceiros:

  • RAIZ - INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO DA FLORESTA E PAPEL

  • ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA

  • JJM ESPERANÇA LDA

  • ANEFA ASS. NACIONAL DE EMPRESAS FLORESTAIS AGRICOLAS E DO AMBIENTE

  • GREENCLON, LDA

  • FORESTFIN - FLORESTAS E AFINS, LDA

  • LEITÃO & CAVALEIRO SILVICULTURA E EXPLORAÇÃO FLORESTAL LDA

                                                                                 

 

​                                                                                  Cofinanciado por:

<meta name="google-site-verification" content="AfTFjG7cNUvBQeDqSRZQXA7ezwBREy2D9IGYboz1xlg" />

© 2018

facebook page

À Descoberta dos Cogumelos!

Decorreu de forma fantástica o passeio "À Descoberta dos Cogumelos".

Com atividades de sala realizadas no CCRPena e a realização do passeio na zona da Ferraria, este evento que contemplou “almoço micológico” e workshops de vinhos e de produção de cogumelos, reuniu cerca de 50 pessoas de várias regiões do País.

+ ver mais